Av. Eng. Atílio Correia Lima nº 1.549, Cidade Jardim(62) 3235-6222 / 6223 - E-mail: comunicacao@tiradentes.org.br

Histórico da Assistência Social

Publicação 438 de 438
DSC_6644

Portal de acesso ao Complexo de Saúde da PMGO

O serviço de assistência social ao policial militar de Goiás foi criado no Comando do Coronel Eurípedes Curvo, em 23 de março de 1966, através de uma Norma Geral de Ação, inicialmente composto por uma equipe de três membros, chefiados pelo Capitão PM Farmacêutico Zenon Sardinha de Oliveira.

Em 1975, a Lei de Organização Básica da Polícia Militar de Goiás (PMGO) transformou o serviço em Centro de Assistência Social (Caso). No ano de 1982 houve a reestruturação do setor com a ampliação para serviço social e psicologia. Dez anos depois, em 1992 foi instituído o Fundo de Assistência Social (FAS) pela Lei 11.866 de 28/12/1992. O FAS visa complementar a assistência aos militares que a referida lei estabelece ser competência do Estado, através do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) (arts. 44 a 50).

Estas foram as bases que, 37 anos depois, levariam à consolidação de uma instituição externa à Corporação PMGO. Assim, em Julho de 2003, foi criada a Fundação Tiradentes, com a finalidade de fazer a gestão do FAS e, assim, complementar a Assistência Social ao Policial Militar goiano.

A Fundação Tiradentes foi uma iniciativa do comandante geral da PMGO à época, Coronel Marciano Basílio de Queiroz, do Subcomandante Geral da PMGO, Coronel Edson Costa Araújo e do Diretor de Assistência Social da PMGO, Coronel Elói Bezerra de Castro Neto que mostrou a importância de um ente privado, fiscalizado pelo Ministério Público, gerir e aplicar os recursos do FAS no bem-estar do efetivo. O Coronel Elói Bezerra ainda elaborou o primeiro Estatuto da instituição, sendo Diretor-Presidente da Fundação Tiradentes de 2003 até agosto de 2014 quando foi substituído pelo atual Diretor-Presidente, o Tenente-Coronel Cleber Aparecido Santos, que já integrava os quadros da Fundação Tiradentes desde novembro de 2011, primeiramente como Diretor Financeiro e depois como Diretor Administrativo.

Num gesto democrático, também são instituidores da Fundação Tiradentes as seguintes entidades de classe: Associação dos Oficiais da PMGO – ASSOF, Associação de Cabos e Soldados da PMGO – ACS, Associação dos Militares Inativos – AMIGO, Associação das Pensionistas – APPB, Associação dos Subtenentes e Sargentos da PMGO – ASSEGO e a Caixa Beneficente dos Servidores Militares de Goiás – CB.

10.09.2009++ 080

Edifício sede da Fundação Tiradentes

Compete à Fundação Tiradentes prestar assistências:

Hospitalar 

Social

Médica

Laboratorial

Odontológica

Transporte em ambulâncias e UTIs 24h

Diagnósticos por imagem

Fisioterapêutica 

Habitacional

Educacional

Assistência póstuma

Atividades físicas, sociais, culturaisespirituais, e outras.

Além de manter programas como o de Fardamento com outros recursos que não os do FAS

Tags: , , , ,